29 de outubro de 2018

Programação cultural MinC: confira as atrações da semana

As entidades vinculadas ao Ministério da Cultura (MinC) estão com eventos imperdíveis para essa e a próxima semana. Na Cinemateca, o destaque é a III Mostra do Cinema Grego, com uma seleção de 11 títulos dirigidos por importantes realizadores do país europeu. O Museu da Abolição, em Recife (PE), apresenta a exposição coletiva Os da Minha Rua: Poéticas de R/existência de Artistas afro-brasileiros, com produção visual de dez artistas negros contemporâneos.

A Funarte também oferece uma rica e complexa programação que inclui espetáculos, palestras e exposições, como a Mãe Preta: as conhecidas imagens das amas-de-leite negras, registradas de meados do século XIX ao início do século XX, são o ponto de partida da pesquisa das artistas Isabel Löfgren e Patricia Gouvêa para a realização da mostra, que recebeu o Prêmio Funarte Conexão Circulação Artes Visuais de 2016.

Confira a programação completa abaixo:

Biblioteca Nacional

Exposição As mãos que restauram o tempo

Até 30/10

Terça a sexta-feira, de 10h às 16h30; sábado, de 10h30 às 14h30

Endereço: Espaço Cultural Eliseu Visconti – Rua México s/n – Rio de Janeiro (RJ)

Com curadoria do arquiteto da Biblioteca Nacional, Luiz Antonio de Souza, a exposição homenageia a recém-inaugurada fachada da Biblioteca Nacional, bem como os 120 colaboradores – entre técnicos e operários –, que ao longo de 18 meses trabalharam na obra.

Mais informações

 

Cinemateca Brasileira

III Mostra de Cinema Grego

De 1/11 a 11/11

Endereço: Cinemateca Brasileira – Largo Senador Raul Cardoso, 207 – São Paulo (SP)

A Mostra apresenta uma seleção de 11 títulos dirigidos por importantes realizadores gregos, alguns deles inéditos em nosso circuito comercial, e que datam principalmente de meados do século XX, e dos anos de 2010, momento em que estas obras passaram a ocupar maior espaço no circuito de festivais internacionais. Entre os destaques da programação estão obras que serão projetadas em 35mm, como os clássicos O batalhão dos descalços (To xypolyto tagma, 1954), de Gregg C. Tallas, Kinetta (2006), do já renomado cineasta Yorgos Lanthimos; o drama sobre imigrantes na Grécia, Praça Amerikis (Plateia Amerikis), de Giannis Sakaridis; e Xenia, de Panos Koutras, sobre dois jovens que, após a morte da mãe, albanesa, vão em busca do pai, grego, para que ele os reconheça.

Mais informações

Fonte: www.cultura.gov.br

Comentários