9 de junho de 2018

MinC leva a Moscou 13 shows musicais e 3 chefs brasileiros durante a Copa do Mundo

O Ministério da Cultura (MinC) vai levar música e gastronomia para a Copa na Rússia. A programação terá lugar numa antiga choperia de Moscou, batizada de Brasil Experience, começando no próximo dia 16, com um show do rapper Emicida. Estão previstas apresentações de 13 artistas, como a cantora Mart’nália, o instrumentista Hermeto Pascoal e a banda de samba-rock Sandália de Prata, além de opções da culinária brasileira. O show de encerramento será realizado em 14 de julho, véspera da final, com o cantor e baterista paulistano Curumin.

O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, destaca a importância econômica do megaevento esportivo, que atrai turistas do mundo inteiro e é transmitido para todos os continentes. “A cultura brasileira tem um imenso potencial de exportações e esse é um dos eixos de atuação do Ministério da Cultura. Pode ser muito interessante, em termos de atração de receitas, e, portanto, de geração de renda e emprego aqui no Brasil. As atividades culturais e criativas constituem um dos setores de maior vitalidade da nossa economia e já respondem por 2,64% do PIB brasileiro”, diz Sá Leitão.

Os músicos e chefs foram selecionados pela organização social Brasil Música & Artes – BM&A, que venceu edital do MinC para divulgar a cultura brasileira na Copa. “Podemos ser muito mais queridos e admirados lá fora se a nossa cultura for mostrada”, diz o presidente da BM&A, Sérgio Ajzenberg. O MinC repassou R$ 2,99 milhões à BM&A.

Cerca de 300 artistas participaram da seleção pública feita por um comitê nomeado pela BM&A. Uma das escolhidas foi o quarteto instrumental gaúcho Yangos, que concorreu ao prêmio Grammy Latino no ano passado. “A Copa não é só futebol. A gente está levando a nossa cultura, a nossa culinária e a nossa música”, diz o acordeonista Rafael Scoopel. A Yangos toca ritmos fronteiriços (originários das regiões de fronteira entre o Brasil e outros países), como o chamamé e o vanerão.

Do Ceará, segue para se apresentar na Rússia a banda de rock alternativo Selvagens à Procura de Lei. Em 2014, por ocasião da Copa no Brasil, o grupo lançou a música “Bem-vindo ao Brasil”. Outra canção do repertório é “Brasileiro”. “Nossas letras falam muito de questões sociais”, diz o vocalista e guitarrista Rafael Martins. Para Ajzenberg, diversidade é a palavra-chave da programação: “Estamos levando a nova música brasileira com toda a sua diversidade: funk, hip hop, samba”, diz o presidente da BM&A.

Continue lendo essa matéria.

Fonte: www.cultura.gov.br

Comentários